• Português
    • English
  • João Pessoa, PB - 3 a 5 de novembro de 2020

    Indústria 4.0

    Palestras


    Revelations on Graph Spectra

    Palestrante: Nair Maria Maia de Abreu (UFRJ)

    Abstract: The spectral graph theory (SGT) emerged in the 1950s and 1960s. The oldest work on SGT is one by chemists on Huckel (1931) molecular orbital theory. One of the important applications of the spectrum of a graph in quantum chemistry is calculating the energy levels of electrons in hydrocarbons. However, SGT started to gain space with the doctoral thesis of D. Cvetkovic, Graphs and their spectra, Univ. Beograd, (1971). This theory studies graphs and their structures through their distinct matrices. So, it is a mixture on graph theory, linear algebra and combinatorics. Graph theorists and combinatorialists are interested about the graph structure of a given spectra (eigenvalues and eigenvector relative to a given matrix of the graph). In computer science, spectral techniques are used intensively for a wide range of problems. Graph spectra play a vital role in solving varies problems in communication networks. Nowadays, dynamical properties like synchronization have been studied with the spectrum of the graph Laplacian. Other areas of interest: graph drawings, combinatorial optimization, linear and non-Linear programming, especially, quadratic programming. So, in this talk, I would like to convince you that the eigenvalues and eigenvectors of matrices associated with graphs are one of the most important topics on Mathematics and, consequently, in all the specific areas above mentioned.

    Bio: Possui graduação em Licenciatura em Matemática pela Universidade Federal Fluminense (1974), mestrado em Pesquisa Operacional pelo Instituto Militar de Engenharia (1977) e doutorado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1984). É Professora Colaboradora da COPPE/UFRJ desde de 1994. É Pesquisadora PQ do CNPq desde de 1994, atualmente sendo Pesquisador 1A. Foi Coordenadora do CA das Engenharias de Transporte e Produção do CNPq no período de 2009-2012 e foi Vice-presidente da IFORS perante a ALIO 2010-2012. Tem experiência na área de Pesquisa Operacional, com ênfase em Matemática Discreta, atuando principalmente em Teoria Espectral de Grafos e Otimização Combinatória. Possui artigos publicados em Pesquisa Operacional, European Journal of Operational Research, Discrete Applied Mathematics, Linear Algebra and its Applications, Linear and Multilinear Algebra etc. Tem sido solicitada a avaliar artigos nos periódicos, Pesquisa Operacional, European Journal of Operational Research, Discrete Applied Mathematics, Linear Algebra and its Applications, etc. e já orientou dezenas de teses de mestrado e doutorado na Coppe/UFRJ e no IME-RJ.

    On Benders decomposition

    Palestrante: Alysson M. Costa (Universidade de Melbourne, Austrália)

    Abstract: Benders reformulation projects a model into a subset of its variables, creating a problem with an exponentially large number of constraints. Benders decomposition relaxes this large model and iteratively generates the constraints until a proven optimal solution is found. In this talk, I will present an overview of the Benders technique, highlighting the basic theory behind the reformulation, ideas for an efficient implementation of the decomposition and recent advances on the method.

    Bio: Alysson M. Costa tem graduação e mestrado em Engenharia Elétrica pela UNICAMP. Seu doutorado, realizado na Universidade de Montreal entre 2002 e 2006, recebeu o Cecil Graham Doctoral Dissertation Award, premiação anual que escolhe a melhor tese canadense em matemática aplicada e industrial. Retornando ao Brasil, foi pesquisador visitante no Instituto de Informática da UFRGS em 2007 e professor do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação da USP entre 2008 e 2013. Desde 2014 é professor na Escola de Matemática e Estatística da Universidade de Melbourne, onde desenvolve pesquisa em programação inteira-mista.

    Utilização de Pesquisa Operacional para Predição e Controle do COVID-19

    Palestrantes: Fernando Bozza (Fiocruz) e Silvio Hamacher (PUC-Rio)

    Resumo: Inicialmente será proposto um panorama das informações da evolução do COVID no Brasil e no mundo, como casos confirmados, mortes, letalidade, testagem, etc. Em seguida serão apresentados modelos de Pesquisa Operacional e de Ciência de Dados que estão sendo desenvolvidos para ajudar na predição, controle e tratamento do COIVD-19. Finalmente serão apresentadas as perspectivas de evolução da doença, do seu tratamento e desenvolvimento de vacinas.

    Bio Fernando: Graduação em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ (1987), Mestrado em Ciências Biológicas (Farmacologia e Terap. Experimental) pela UFRJ (1994) e Doutorado em Biologia Celular e Molecular pela Fundação Oswaldo Cruz – FIOCRUZ (2004). Pós-Doutorado na University of Utah (2008). Atualmente é Pesquisador Titular da FIOCRUZ e Chefe do Laboratório de Pesquisa Clínica em Medicina Intensiva do Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas -INI/ FIOCRUZ. Atua também como coordenador de pesquisa em Medicina Intensiva do Instituto D’Or de Pesquisa em Ensino (IDOR) e coordenador do Laboratório de Inflamação e Metabolismo (Lab20) do INCT de Biologia Estrutural e Bioimagem (INBEB). Membro do Comite Executivo Rede Brasileira de Pesquisa em Medicina Intensiva (BRICNet) e da International Severe Acute Respiratory and Emerging Infection Consortium (ISARIC). Na base Scopues tem Indice-H 42, com 170 documentos e 5486 citaçoes.

    Bio Silvio: Silvio Hamacher é professor associado III da PUC-Rio, onde ingressou em 1996. Seu envolvimento com a Pesquisa Operacional iniciou-se no seu mestrado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1991) e doutorado em Génie Industriel pela Ecole Centrale Paris (1995), ambos abordando modelagem em programação matemática. Até 1996 trabalhou como Analista de Pesquisa Operacional na Petrobras, tendo participado e coordenado vários projetos ligados à cadeia de petróleo. Desde 2001 tem atuado na Sociedade Brasileira de Pesquisa Operacional, como presidente (2015-206), diretor-tesoureiro, vice-presidente e membro do Conselho Fiscal. Em 2018 organizou o 50o. SBPO. É Editor Associado da Revista Pesquisa Operacional Suas principais linhas de pesquisa envolvem a aplicação de técnicas de Pesquisa Operacional na resolução de problemas de Energia, em especial da cadeia de petróleo, e em Saúde, liderando dois grupos de pesquisa no CNPq nestes temas. Exerce a função de Gerente da Área de Apoio a Decisão e Supply Chain do Instituto Tecgraf, da PUC-Rio.

    Home Health and Social Care: Operations Research Applications

    Palestrante: Helena Ramalhinho Lourenço (Universitat Pompeu Fabra)

    Abstract: In today’s world, the Health and Social Care sectors are facing important challenges due the changes in demographics (the increment of population, aging patients and population at risk); the increase number of treatments, health and social services; the increase of inequalities in some regions as for example related with economic and pandemic crisis; and also the rising of the costs of all these services. All these reasons lead to the enormous pressure to have a more efficient health and social care management, and the application of new strategies to be able to provide a good quality service without a significant cost incremental. International organizations and governments are recognizing that investing in social and health services have a positive impact on societies and population, as also recognized by the United Nations 2030 Agenda for Sustainable Development Goals.

    We will focus on the Home Health and Social Care (HHSC) and on the relationship between these two services. Home Health Care (HHC) is defined as “medical and paramedical services delivered to patients at home”. The basic forms of Home Health Care are Home Hospitalization and In-Home Primary Health Care. The services associated with HHC include doctor care, nursing care, physical and/or speech therapy, nutritional support, pharmaceutical services, etc. The Home Social Care (HSC) refers to provide social work, personal care, protection or social support services to risk or needed population due illness, disability, old age or poverty. The HSC services include a great variety of services as cleaning activities; companionship activities, personal care, delivery meals at home, etc. 

    The planning and scheduling problems arising in HHSC are of great complexity, since the number of the services provided and caretakers are growing, the caretakers require a good quality of service and the organizations need to control their costs. Therefore, the managers must get the support of optimization systems to fulfill all these previous goals. We argue that Operations Research (OR) can provide tools, based on mathematical models and efficient algorithms, that can play an important role to improve the overall HHSC sector. For the health sector, there are already a large volume of interesting applications and articles that we will briefly review. However, for the social sector, the research is just starting with a few works in the literature. We will also describe some of the most challenging issues in the HHSC, as the coordination between the HHC and HSC, known as Integrated Home Care; the person-focus mathematical models including stochastic aspects and last minute changes; the inclusion of the caregivers/caretakers satisfaction aspects in the system; and the accessibility to these services by a large and/or rural population. The Integrated Home Care (IHC) consists in the health and social services acting jointly, sharing information and goals, and also coordinating decisions. The IHC is a policy goal for many organizations since it is expected to have a positive impact on the quality and the cost of the overall system, health status and caretaker/caregiver satisfaction. The OR models work on optimizing resources, but in the health and social sector, most of the time, the resources are people (not things like boxes, cars, machines…). Therefore, the incorporation of aspect like people satisfaction, stochasticity and accessibility is more relevant than never to be able to put on practice the models and algorithms developed. We will present some examples and challenges, as well some ongoing projects with the support of the Barcelona City Council and the Government of Catalonia. em breve

    Bio: Helena Ramalhinho Lourenço is Professor at University Pompeu Fabra and a Barcelona GSE Affiliated Professor. She has a B.A. and Master degree in Statistics and Operations Research from the University of Lisbon, Portugal, and a Ph.D. in Operations Research from Cornell University, New York, USA.

    She has been involved in different research projects and consulting for firms in the area of Operations Research and Logistics. Helena has published several articles in prestigious international scientific journals and has presented her work at international congresses and conferences.

    Helena teaches at various undergraduate, master’s and PhD`s programs. She is currently the director of the Business Analytics Research Group and a researcher at the Center for Operational Research at the University of Lisbon. Her research interests include Operations Research, Scheduling, Combinatorial Optimization, Metaheuristics, Iterated Local Search, Heuristic Search Optimization, Vehicle Routing, Job-Shop Scheduling, Supply Chain Management, Logistics, Production and Operations Management.

    Docente e Papel Profissional na Aplicação de Tecnologias no Ambiente Universitário

    Palestrante: Sergio Daniel Conde (Universidad Nacional de la Matanza)

    Resumo (Espanhol): El Rol Docente y Profesional es un elemento fundamental en la selección, análisis y aplicación de las nuevas Tecnologías de la Información y Comunicación en el ámbito Universitario. Estamos frente a un nuevo paradigma a nivel mundial donde vamos analizar y descubrir las potencialidades y aplicaciones específicas de cada una de las herramientas que nos permiten comunicarnos en forma sincrónica o asincrónica en el ámbito cotidiano en sinergia con el contexto educativo descubriendo las diferentes formas de poder evaluar con la utilización de las nuevas tecnologías de la Información y comunicación.

    Resumo (Português): O Papel Docente e Profissional é elemento fundamental na seleção, análise e aplicação das novas Tecnologias de Informação e Comunicação no campo universitário. Estamos perante um novo paradigma a nível mundial onde iremos analisar e descobrir as potencialidades e aplicações específicas de cada uma das ferramentas que nos permitem comunicar de forma síncrona ou assíncrona no ambiente quotidiano em sinergia com o contexto educacional, descobrindo as diferentes formas de poder avaliar com o uso de novas tecnologias de informação e comunicação.

    Bio: Em breve…

    Evolução das Soluções e Experiência de Roteirização na Loggi

    Palestrantes: José Carlos Maldonado (ICMC-USP) e Gabriela Surita (Loggi)

    Resumo: A Loggi, estabelecida em 2013, é uma das Unicórnios no Brasil, com soluções inovadoras e relevantes na área de logística, com forte base em tecnologias digitais. A Loggi tem se posicionado, de maneira inédita, para ser a solução de logística, facilitando o crescimento de um novo comércio no Brasil, com economia, agilidade e confiabilidade. O setor logístico brasileiro ainda tem muito a melhorar quando comparado com as grandes economias mundiais. Até 2021, o objetivo é conectar todos os brasileiros, cobrindo 100% dos municípios, com custos e prazos adequados. A etapa de last-mile corresponde ao maior custo de transporte em cadeias de distribuição com alta granularidade. Modelos eficientes para roteirização de veículos de last-mile são um elemento central de cadeias logísticas eficientes. Nesta palestra dar-se-á uma visão geral dos objetivos, das atividades e das soluções da Loggi Tecnologia Ltda, das perspectivas futuras nesse contexto e a perspectiva de cooperação da Loggi com a academia. Apresentamos um caso de estudo sobre a história e evolução das soluções de roteirização para last-mile aplicadas na Loggi, que culminou em uma solução estocástica e dinâmica para grandes problemas de roteamento de veículos. Esta que foi a solução vencedora do primeiro programa de “Ciência de Dados para Todos” (Data Science for All, ou DS4A, pela sigla em inglês) desenvolvido pelo  SoftBank Group International e Correlation One. 

    Para saber mais sobre a Loggi, acesse: loggi.com/venha

    Bio José: Atua na Loggi Tecnologia como Coordenador da Relação com a Academia. Professor Titular em Engenharia de Software e Diretor do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC-USP, 2010-2014). Professor Sênior no ICMC-USP (a partir de março de 2016) e Professor Emérito do ICMC-USP (desde março de 2020). Possui graduação em Engenharia Elétrica pela Universidade de São Paulo (1978), mestrado em Engenharia e Tecnologia Espaciais pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (1983) e doutorado em Engenharia Elétrica – Computação e Automação pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) (1991).Tem interesse em Engenharia de Software, atuando principalmente nos seguintes temas: teste de software, educação em engenharia de software, engenharia de software experimental, sistemas embarcados críticos, e ambientes e métodos de ensino. Já publicou mais de 70 artigos em periódicos e mais de  duas centena de artigos completos arbitrados, além de 03 livros e mais de uma dezena de capítulos de livros. Coordenou e participou de dezenas de projetos de pesquisa financiados por agências de pesquisa. Coordenou o Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Sistemas Embarcados Críticos (INCT-SEC), financiado pelo CNPq/CAPES/Fapesp.Título de Livre-Docente da USP (1996). Vice-Diretor do ICMC-USP (2007-2010). Presidente da Sociedade Brasileira de Computação SBC (2007-2009; 2009-2011); foi Diretor de Educação da SBC (97-99), Membro do Conselho da SBC (1999-2003; 2011-2015; 2017-2021), Vice-Presidente da SBC (2003-2005; 2005-2007). Presidente da SBC 2007-2011. Membro do CA-CC/CNPq (2006-2009; 2015-2018); adjunto da Área de Computação da CAPES (2004-2007; 2007-2010, 2018-2022). Membro da Coordenação de Área da FAPESP (2006-2013). Recebeu vários prêmios e homenagens, destacando-se: Prêmio de Mérito Científico 2017 da SBC – Sociedade Brasileira de Computação, Comenda do Mérito Científico 2008 e Prêmio Jabuti 2008 de Ciências Exatas, Ciências e Tecnologia (terceiro lugar).

    Bio Gabriela: Gabriela de Castro Surita é formada em Engenharia de Computação pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) em 2018 e é mestranda no programa de Engenharia Elétrica com ênfase em Computação pela mesma universidade. Atualmente atua como Gerente de Engenharia na Loggi, coordenando uma equipe de desenvolvimento centrada em soluções de roteirização e desenho de malha logística. Membro da equipe vencedora com o “Projeto de Otimização de Rotas de Last-mile” do primeiro programa de “Ciência de Dados para Todos” (Data Science for All, ou DS4A, pela sigla em inglês) desenvolvido pelo  SoftBank Group International e Correlation One.